quarta-feira, 4 de abril de 2012

CHAPÉU... ESSA MODA SUBIU À CABEÇA (2) - A HISTÓRIA DE DENIS, O CHAPELEIRO

O início da meteórica carreira começou na Rua Sete de Setembro, no Rio de Janeiro. Ele contou: “Parei em frente à Radiante, uma chapelaria tradicional. Entrei e vi pessoas fazendo chapéus de uma maneira que nunca havia visto. Falei com D. Arilka, a chapeleira da loja e foi ela quem me ensinou a fazer chapéu”. A primeira experiência foi na TV Manchete, pouco tempo depois.
Denis fez o curso de moda, mas optou pela chapelaria por que considera um trabalho mais forte. “Se preciso criar uma roupa, primeiro imagino o chapéu, e assim tudo fica mais fácil... parece meio louco, mas é assim que funciono”. Seu trabalho é totalmente artesanal. Os chapéus são construídos da forma mais tradicional possível, costurados à mão, pespontados peça por peça, desenhados e criados com exclusividade em fôrma de madeira. O artista afirma: “Eu não conheço, no Rio de Janeiro, nenhum chapeleiro que faça o chapéu dessa forma. É um processo medieval”.
Em breve, a loja da chapelaria estará em novo endereço na Rua Barata Ribeiro, em Copacabana.
Imagem: Rafael Sardenberg

Um comentário:

  1. Conheço essa chapeleira e ela esta viva até hoje fazendo chapéu.
    ABS

    ResponderExcluir